sexta-feira, 5 de dezembro de 2008

O véio


No presente tempo global de crise terminal, boçalidade, “fezes, maus poemas, alucinações e espera” (Drummond), uma visita aos clássicos ilumina o espírito e aquece o coração. (Cristóvão Feil),clique no link para ler o texto; http://diariogauche.blogspot.com/2008/12/o-velho-hegel-cantou-pedra.html
Eu em lápis aquarelado por Edgar Vasques, é traço que já nasce clássico.

2 comentários:

wholesale jewelry disse...

cool blog

superior disse...

Although from different places, but this perception is consistent, which is relatively rare point!
nike dunk